BC e Fed fecham acordo para ampliar oferta de dólar em US$ 60 bilhões

Câmara aprova decreto de calamidade pública por conta do coronavírus
19 de março de 2020
G20 dividido enfrenta pressão para liderar resposta global ao vírus
20 de março de 2020

BC e Fed fecham acordo para ampliar oferta de dólar em US$ 60 bilhões

Foto: Marcello Casal/AB

O Banco Central (BC) do Brasil e o Federal Reserve (Fed – banco central dos Estados Unidos) vão manter, por pelo menos seis meses, um acordo de swap (troca) de liquidez (recursos disponíveis) em dólares americanos. O montante é de US$ 60 bilhões e vai ampliar a oferta de dólar no mercado doméstico, informou hoje (19) o BC.

Segundo o BC, o dinheiro será utilizado para “incrementar os fundos disponíveis para as operações de provisão de liquidez em dólares”.

“A linha de liquidez soma-se ao conjunto de instrumentos disponíveis do BC para lidar com a alta volatilidade dos mercados em decorrência da pandemia da Covid-19”, acrescentou.

O anúncio de hoje inclui também as autoridades monetárias da Austrália, Dinamarca, Coreia do Sul, México, Noruega, Nova Zelândia, Singapura e Suécia. O Federal Reserve também possui linhas de swap de liquidez em dólares americanos com o Banco do Canadá, o Banco da Inglaterra, o Banco do Japão, o Banco Central Europeu e o Banco Nacional Suíço.

AB